Prepare-se para pensar o mundo com outros olhos! A TAG Trilhas Volta ao mundo em 7 clássicos é composta por sete livros em edição exclusiva e capa dura, selecionados para conduzir você por todos os continentes do mundo e ir das autorias mais famosas às menos conhecidas.

Confira as obras selecionadas:

Livro: O duelo

Autor: Anton Tchékhov

País: Rússia (1891)

Sinopse: Neste clássico russo, acompanhamos a história de Nadiéjda e Ivan Laiévski - jovem casal de intelectuais que se muda de São Petersburgo para uma cidadezinha litorânea do Cáucaso, à beira do mar Negro, com sonhos de uma vida de trabalho simples e contato com a natureza. A perspectiva de idílio é ameaçada pelo caráter incerto de Laiévski, pelo jogo e pela bebida, e este acaba sendo desafiado para um duelo no qual certamente perderá a vida.

Livro: Esaú e Jacó

Autor: Machado de Assis

País: Brasil (1904)

Sinopse: Dois jovens bem-nascidos, os gêmeos Pedro e Paulo, digladiam-se em intermináveis conflitos e reconciliações desde o útero da mãe até o começo da idade adulta. Os irmãos lutam pelo amor da jovem Flora Batista, cujo enredo é narrado em terceira pessoa pelo conselheiro Aires - alter-ego de Machado de Assis, que usa o personagem para as suas reflexões autorais. Com “Esaú e Jacó”, penúltimo livro escrito por esse grande autor brasileiro, Machado inventa um novo estilo de narrar e consolida uma das características mais responsáveis por eternizá-lo na literatura brasileira e mundial: sua grande capacidade em desenvolver e aprofundar o psicológico de seus personagens.

Livro: A casa da alegria

Autora: Edith Wharton

País: Estados Unidos (1905)

Sinopse: Clássico da literatura estadunidense e mundial, A casa da alegria retrata a subjetividade feminina, o empoderamento e a própria construção do que é ser mulher no início do século XX. Ambientado na Nova Iorque do início do século XX, este romance revela a alta sociedade estadunidense e seus hábitos, desejos, segredos e ostentações. Em meio a essa realidade, encontra-se Lily Bart, uma jovem linda e bem educada que se vê financeiramente desamparada após a morte de seus pais. Ela é, então, acolhida pela tia e passa a fazer o possível para se manter entre os grandes figurões da sociedade, embora suas condições não permitam que mantenha seus luxos.

Livro: Coração

Autor: Natsume Soseki

País: Japão (1914)

Sinopse: No Japão do início do século XX, ainda mais do que no resto do mundo, tudo que era sólido se desmanchava no ar. Todo esse pano de fundo histórico-sociológico-político-cultural se reflete diretamente na obra de Natsume Soseki, considerado seu melhor intérprete literário. Este livro, obra final e mais celebrada do autor, pulsa entre vários mundos: o mundo particular dos dois personagens principais e o da sociedade à sua volta; o mundo da cultura tradicional japonesa e o da modernização ocidentalizante; o mundo da política interna japonesa e o da política internacional. É, assim, um romance que capta as fortes pulsações desses mundos distintos no início do século XX, e reconstrói o modo como ecoam na vida dos dois personagens, “eu” e “professor” — como que indicando a tensão entre individualismo ocidental e coletivismo oriental, os personagens não têm nome.

Livro: A festa ao ar livre

Autora: Katherine Mansfield

País: Nova Zelândia (1922)

Sinopse: A neozelandesa Katherine Mansfield é considerada um dos grandes nomes na arte da narrativa curta na literatura mundial. Muito admirada por seus contemporâneos, como Virgina Woolf e D. H. Lawrence, a autora recebeu, em sua época, reconhecimento do público e da crítica por sua escrita. “Festa ao ar livre” é uma coletânea de quinze contos marcados por temas como as relações sociais, os papéis de gênero na sociedade, o isolamento, a vida e a morte, e revelam o estilo inovador e perspicaz da autora, bem como sua técnica impressionante de narrar situações aparentemente corriqueiras de forma profunda e envolvente, como um mergulho na mente dos personagens.

Livro: Ao farol

Autora: Virginia Woolf

País: Inglaterra (1927)

Sinopse: Este livro conta a história de uma família que vai viajar nas férias de verão para a Ilha de Skye, na Escócia, e é considerado um dos mais influentes romances do século XX — além de ser tratado por muitos como o ápice literário de Virginia Woolf.

Ao farol é um livro rico e multifacetado que, por um lado, revela a vida de uma família inglesa abastada da época, a ameaça da guerra, a tensão das relações familiares e os conflitos entre homens e mulheres; e, por outro, constitui-se numa delicada reflexão sobre a inevitabilidade da passagem do tempo e da morte, propondo uma jornada à consciência dos personagens e refletindo sobre a natureza da arte.

Livro: Mhudi

Autor: Sol Paatje

País: África do Sul (1930)

Sinopse: Escrito pelo político, literato e jornalista sul-africano Sol Plaatje ao longo das décadas de 1910 e 1920 mas publicado somente no ano de 1930, este livro conta a história de amor entre uma refugiada e seu marido enquanto eles vagam pelas paisagens — naturais e sociais — da África do Sul em meados do século XIX, num momento em que o país sofria o impacto de muitas transformações. Mhudi é o primeiro romance escrito em inglês por um homem negro do continente africano e tornou-se um dos marcos fundamentais da literatura sul-africana.

Além dos livros e da revista TAG com conteúdos complementares sobre as obras, preparamos um curso de Literatura Clássica ministrado por Rita Von Hunty, Suze Piza e José Garcez Ghirardi. E não para por aí: ao adquirir a trilha você ganha de presente uma carteira Dobra exclusiva e um pôster para decorar a sua casa. 😍

Quer embarcar nessa viagem? Adquira a trilha através do site: https://trilhaclassicos.taglivros.com/


Conheça também:

Encontrou sua resposta?